CONTADOR

terça-feira, 5 de maio de 2009

NATUREZA MORTA II




NATUREZA MORTA II


Tu és:
Maçã gostosa, pêssego macio
Pêra lustrosa, grande ameixa aquosa
Insinuante medronho assaz bravio
Abacaxi de carne apetitosa
Amora negra tentando na silva
Excitante morango em escarlate puro
Laranja brava cujo odor cativa.
Essência de fruto doce e maduro.

És ainda:
Bolo de chocolate muito adornado
Trouxa d'ovos amarelinha e fofa
Pudim francês em caramelo banhado
Gelatina tremente e não balofa
Algodão de açúcar macio, branquinho
Bom-bom divinal escorrendo licor
Semi-frio de chantilly bem docinho
Tarte de limão... supremo sabor.

Quanto a mim:
A maçã vou morder em trincadinhas
O pêssego e o morango quero provar
Ameixa e pêra bem degustadinhas
O abacaxi pretendo descascar
O bolo saborearei gulosamente
Pudim francês será meu paraíso
O bom-bom saberá divinamente
Tudo isto comerei sem qualquer siso.


A Natureza, morta não estará
Enquanto tudo assim se mantiver;
A Natureza, viva exortará
Sempre que a minha boca a ti souber


(DO LIVRO "DUAS GOTAS... A MESMA FONTE" EM COOPRODUÇÃO)

Liliana Josué


Sem comentários: