CONTADOR

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

MURO BRANCO















http://www.flickr.com/photos/fotos_dos_ornelas/




FOTOS DE RUI ORNELAS


MURO BRANCO

Um grito ecoou ao longe
seria gente?
Seria animal?
Mas... gente é animal!
No entanto... animal não é gente!
DEPRIMENTE
Uma sombra negra escorregou
do muro branco
como existência sem vida
ou vida sem existência?
Será especulação esta tendência
para a transcendência?
O muro branco nas suas mossas
e pancadas
esperava a resposta que ninguém
saberá dar.
Porque o puseram ali?
Só serve para atrapalhar...
nem mesmo as sombras negras
o respeitam
passando sobre si numa indiferença
DESUMANA.
O grito voltou a ouvir-se no ar
pesado
a sombra saltou para o outro
lado.
E o muro branco
num agonizante apodrecer
chorou saudades pelos companheiros
que desfrutavam seu eterno adormecer
num sonho de descanso e devaneios.


Liliana Josué

Sem comentários: