CONTADOR

terça-feira, 29 de setembro de 2009

ORAÇÃO




Pássaros voam lançando
orações aos céus.
Eu rezo com eles num tom
menos certo e preciso.
Os gira-sóis curvam-se
balançando seus longos caules
num hino de improviso.
Pequenas papoilas
nos seus rubros véus
evocam o sol
despem-se na terra
num ritual mole...
doce esvoaçar de pétalas

A Vida levanta-se em oração
a um Deus Pai ou deus pagão.
Não há certezas de nada
a Natureza dita, debita
sem se vergar ao rigor
de tanta crença abalada

Os pássaros evocam
a Divina Bênção
As flores bendizem
essa mão sagrada
Eu,constato admirada
que a minha alma
em nada acredita...
ó triste desdita!

Liliana Josué

Sem comentários: