CONTADOR

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

DEAMBULANDO




LUZES, luzes, LUZES, luzes…
becos escuros, medo, suspense.
Estrangeira no seu país
aflição na liberdade
felicidade presente
adaptação ausente

LUZES, luzes, LUZES; luzes…
lugar estranho, intimidador
curiosidade solta.
Nos olhos do coração
confiança em construção
e uma artéria rota

LUZES, luzes, LUZES, luzes…
Santa escondida, santa enganada
santa de luzes enfeitada.
Cruzes de espanto e encanto
flores incandescentes.
Estrangeira no seu país

LUZES, luzes, LUZES, luzes…

Liliana Josué

Sem comentários: