CONTADOR

quarta-feira, 3 de março de 2010

PERFEIÇÃO





Não quero filosofias
Exaustas de questionar
Em dialécticas frias
Sobre o que é “perfeito estar”.

A perfeição é um dom
Intrínseco a todo o ser
Mas descorado, sem tom
Por ninguém o perceber

O imperfeito é perfeito
O perfeito é imperfeito
Só assim há união

O mundo foi concebido
P’ra nele ser acolhido
O Todo da perfeição

Liliana Josué

9 comentários:

Anónimo disse...

Gostei muito. Ajuda-nos com as tuas palavras cintilantes/acutilantes e profundas. Beijinhos. LP

Liliana Josué disse...

Olá LP

Obrigada pelo teu simpático comentário.

Um abraço amigo.

Anónimo disse...

Para além da técnica perfeita das tuas poesias tens um sentimento e uma mensagem muito tuas e de um valor incalculavel. Mereces ter o teu livro para seres mais conhecida. mas o teu blogue também é lindo. Mário

Liliana Josué disse...

Olá Mário

Agradeço o agradável comentário e o incentivo para uma publicação minha.
Há-de acontecer certamente.

Bjs.

Cynthia Kremer disse...

Olá, Liliana! Muitpissimo obrigada pelo seu comentário tão gentil! O mais importante é que você gostou. E isso é que me traz grande satisfação! Voou lá no seu blog :)
Um grande abraço,
Cynthia

Cynthia Kremer disse...

Alías, já estou nele! (risos)
Pois eu, queria saber escrever poesia assim como você! Esse talento, eu infelizmente não tenho :(
Seus poemas são lindos!

Liliana Josué disse...

Olá Cynthia

Eu é que agradeço palavaras tão simpáticas da sua parte.
Para quem escreve como a Cynthia, ter recebido um cometário tão agradável é uma honra.
Abraço amigo.
Liliana

Anónimo disse...

Meu correio electrónico não é penico. Obrigado!

Liliana Josué disse...

ESCUSA DE SER INCORRECTO(A),OU MELHOR, ORDINÁRIO(A)
AO MENOS DÊ A CARA SEU(A) COBARDE E IMBECIL. ANÓNIMO(A) DA TRETA.