CONTADOR

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

DEDICATÓRIA A ANTÓNIO LOBO ANTUNES



Tantas fotografias
espalhadas neste livro.
Como pesam as memórias…
como confias no papel
(crivo de lembranças).
As histórias avolumam-se
em imagens esfumadas…
talvez a preto e branco…
e tu génio da escrita
um pouco
louco
nesse triste olhar azul
queres salvar a todo o custo
o teu passado
numa angústia maldita.

Tantas fotografias espalhadas neste livro…

Liliana Josué

Sem comentários: