CONTADOR

sexta-feira, 1 de agosto de 2014



NOSSO PAÍS

Estamos fartos de mirrar
à conta do abandono
ao qual alguns chamam muito zelo

a raiva começa a rasgar o peito
daqueles como nós
(pois há os que não são como nós)
que não querem dono
mas liberdade para quebrar o selo
maquinado com o estrangeiro.

Queremos ser dignos e honrar este país
com o nosso trabalho
em vez de empréstimo alheio.

Pedaço lindo deste mundo
vendido e destroçado
choremos teu destino em voz rouca
e mãos crispadas sobre o rosto .

Não deixes que te matem
ó país desterrado.

Liliana Josué


Sem comentários: