CONTADOR

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

COMUNIDADE EDUCATIVA




Como se iniciou um novo ano lectivo aqui deixo a minha homenagem a todas a Escolas e Agrupamentos escolares. Este poema foi-me solicitado por um desses Agrupamentos.

VOTOS DE BOM NOVO ANO LECTIVO

Nobre Escola
favo de trabalho, educação e carinho
comunidade viva de esperança e ideais
que tem sempre na lembrança
a função educativa.

Ensinar é a missão dos bravos
missão dos que trazem no peito
a esperança de mudança.

Começo por vocês
persistentes Colaboradores da Secretaria
vossa vida é um rosário de nomes datas, canseiras
(numa assimetria injusta de avaliações).

Já e sem demora
tem de se falar com todo o respeito
dos pouco lembrados
Assistentes Operacionais
que zelam pelos nossos filhos
de coração no peito a bater de receio
em emocionais desvelos
por qualquer mal que lhes chegue perto.
(numa assimetria injusta de avaliações).

Tu novo Professor
és o estreante ator destas senas coloridas
entregas a tua juventude
ao fervor de que esta caminhada
será um exemplo para muitas vidas.

Tu Professor
que já consentes o tempo
no espaço do conhecimento
continua sem cair
sabes que  o caminho é espinhoso
mas também compensador
pois  após árduas lutas, desenganos
e marcas de alguma dor
conseguiste libertar imensas aves
na tua oferta de amor.

Tu reformado Professor
que já deste tanto ao mundo
trabalhador incansável de mentes por desbravar
bem que podes descansar
num merecido virar de página
pois no fundo do teu ser
sabes que deste o melhor
que de ti podias dar.
(numa assimetria injusta de avaliações)

Este é um poema sem prioridades
mas que pretende mostrar grandes verdades
assim sendo, não esquece ninguém
tendo também uma palavra
para os insubstituíveis Encarregados de educação.
Votos de que a vida vos dê muitos alentos e paixão
na embaixada solene
de apontar o bom caminho
aos vossos frágeis rebentos.


E por favor vejam todos se não esquecem :

ser professor é dom sagrado
que nem todos reconhecem

10/09/2014

Liliana Josué



1 comentário:

mário matta e silva disse...

Belo poema e bela mensagem aos educadores, crianças, pais... A tua sensibilidade foi mais uma vez evidenciada através da poesia. Parabéns Mário