CONTADOR

domingo, 13 de setembro de 2015

TEU CORPO




                                                      (Imagem Do templo Khajuraho - Índia
                                                                 Escultura erótica milenar)



Saboreei os frutos doces do teu abraço
como ave sedenta  
colhi as mil cerejas desse corpo
como se fosses árvore de mim

permaneci atenta ao beijo que não vinha
mas finalmente teus lábios dissolveram-se nos meus
em desfrute de húmus  e paixão

Deslizaste em mim
qual peixe em águas de alvoroço
deu-se o soluço
no transbordar das sensações


Liliana Josué

Sem comentários: